Notícias

Soja brasileira segue em queda livre

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (26.05) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação caindo 2,16% nos portos, para R$ 106,35/saca (contra R$ 108,70/saca do dia anterior). Com isto o ganho acumulado nos portos neste mês ficou em 2,67%.

A T&F Consultoria Agroeconômica aponta que esta foi a quinta queda consecutiva do preço da soja, coincidindo com outra forte queda de 1,8% na cotação do Dólar. A derrocada segue apesar da forte alta da Bolsa de Chicago (CBOT), o que forçou o preço que as Tradings puderam oferecer sobre rodas no porto de Rio Grande a recuar mais um real/saca, para R$ 108,00/saca.

No interior, a média nacional recuou 1,97% para R$ 100,93/saca, contra R$ 102,96/saca do dia anterior, reduzindo os ganhos do mês para 4,18%. No Rio Grande do Sul, os preços no interior recuaram um real/saca para R$ 104,00 em Cruz Alta, Ijuí e Passo Fundo.

No Paraná, com a nova queda de mais 1,8% do Dólar, o mercado continuou travado, com os vendedores retirando as suas ofertas à medida que as cotações do dólar caíam. Os preços no porto também recuaram mais 2 reais/saca, para R$ 108,00 para entrega junho e pagamento em meados de julho e também 2 reais/saca para R$ 10,00 para entrega julho pagamento meados de agosto.

PRÊMIOS

“A China parece aquele cara que quer agradar a esposa e a amante: comprou 258 mil tons de soja americana nesta terça-feira, mais 214 mil tons de farelo de soja, mas também comprou 240 mil tons de soja brasileira, aqui para embarques em julho e agosto”, apontam os analistas da T&F.

Com isto os prêmios de Origem nos portos brasileiros subiram em média 5 cents/bushel. Mas, no mercado de Paper de Paranaguá não houve negócios reportados, mais uma vez. Os prêmios da soja brasileira no mercado CIF portos chineses também subiram cerca de 5 cents/bushel.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)