Notícias

China compra mais soja dos EUA e preços caem no Brasil

Os trituradores estatais chineses continuaram a comprar mais soja dos Estados Unidos, o que acaba fazendo com que os preços despenquem no Brasil. Foi isso que informou a T&F Consultoria Agroeconômica nesta manhã, dizendo também que mais três cargas de soja americana foram compradas do Golfo em uma base CIF China, completando 15 cargos (900 mil t) na semana.

“Os trituradores privados continuaram a buscar a soja brasileira para embarque em julho e agosto de 2020, bem como a nova safra para o embarque de 2021 com prêmios caindo de 8 a 12 c/bu ao longo da curva durante a noite devido a mais compras nos EUA. Rumores de dois embarques de soja brasileira para agosto negociados entre 153 e 154 c/bu em relação aos futuros de julho, enquanto um carregamento de março de 2021 foi registrado em 104 c/bu sobre os futuros de março, já relatados em nosso boletim de ontem. O indicador APM-6 CIF China para embarque de junho foi avaliado 2 c/bu mais baixo no dia em 129 c/bu em relação aos futuros de julho, o que equivale a US$ 357,25/t, um aumento de US$ 2/t em relação à avaliação anterior”, indica.

No entanto, a avaliação foi fechada antes dos prêmios começarem a cair no Brasil. “Na China, as margens de esmagamento foram melhoradas pelos futuros de farelo de soja e soja mais elevados na quinta-feira, com o contrato de farelo de soja mais líquido ganhando 0,5% a CNY2.775/t (US$ 392,5/t) e o contrato de óleo de soja mais ativo saltando 2,4% para CNY5.514/t (US$ 779,92/t)”, completa.

Em relação aos preços, os prêmios FOB Brasil recuaram em média 10 cents nesta quinta-feira. “No mercado de Paper de Paranaguá houve negócio para Maio a +60K. No mercado CIF portos de Dallian, os prêmios da soja brasileira recuaram 2 cents para Junho e 10 cents para Julho e Agosto”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)