Notícias

Boa demanda resultou no aumento da farinha de trigo

A boa demanda pelo trigo e pela farinha de trigo permitiu que se implantassem aumentos nos preços desta última no mês de janeiro e talvez também em fevereiro. Foi isso que informou a T&F Consultoria Agroeconômica.

“Em nossa opinião são duas causas. Perspectiva de alta nos preços das farinhas, empurrados pelas altas nos preços do trigo. Os compradores querem contratos longos, pelos preços atuais e depois ficarão foram de mercado ou reduzirão drasticamente seus volumes de compra nos próximos meses. Melhora da economia que, embora ainda não seja altamente significativa, já tem dois efeitos importantes: deu mais segurança a quem está empregado de que não perderá seu emprego e adicionou mais de 1,4 milhão de novos empregados somente em 2019”, comenta a consultoria.

Nesse cenário, a recomendação da T&F é ter muito cuidado com a onda atual de demanda. “Aproveite tudo o que puder vender, mas, guarde o lucro das vendas para enfrentar os próximos meses, que, eventualmente, poderão ser um pouco mais difíceis, a menos que a economia continue a crescer acima do esperado”, completa.

“Semana extremamente agitada, muitos aumentos de preços no trigo do RS e do PR e aumentos de preços nas farinhas, inclusive da farinha argentina, que já está US$ 320/t. Vários clientes novos ligando e clientes antigos que não vendíamos mais porque pagavam pouco agora estão tentando voltar e aceitando nossos preços, mas a gente não tem como atender porque a nossa capacidade está plena. Tem uma cooperativa que vende farinhas a R$ 32,00, quando meu preço é R$ 42,00, então minha estratégia é comprar farinha deles e revender para meus clientes, aumentando assim a minha capacidade de moagem", explicou um moinho do Oeste do Paraná.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)