Notícias

Preços da soja recuam no início da semana

Os preços da soja no mercado brasileiro recuaram no início dessa semana, pressionados pela queda do dólar e também da cotação na Bolsa de Chicago, de acordo com informações divulgadas pela T&F Consultoria Agroeconômica. Nesse cenário, a queda na pressão altista foi de 0,99% no preço da oleaginosa.

“A queda de 0,61% do dólar no Brasil, e de 1,58% da cotação da soja em Chicago, contribuíram para a redução da pressão altista sobre o grão nesta segunda-feira. Assim, os preços oferecidos pelos compradores sobre rodas nos portos do sul do Brasil ou seus equivalentes em outros estados, tiveram queda de 0,09% para a média de R$ 89,74/saca, contra R$ 89,82/saca, do dia útil anterior. Já no interior o preço subiu 0,51%, para R$ 84,07/saca, contra R$ 83,64 do dia anterior. No acumulado do mês os preços médios da soja apurados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) já subiram 2,70% nos portos e 2,34% no interior”, indica.

Em relação aos estados brasileiros, a consultoria afirma que, no mercado físico do Rio Grande do Sul os preços no porto ficaram em R$ 91,00, oscilando positivamente e se estabilizando na faixa superior dos negócios realizados na semana anterior. “No interior, a soja fechou estável em Passo fundo, negociada a R$ 86,50 e teve leve queda em Ijuí, sendo negociada a R$ 86,00”, completa a informação.

“No Paraná, fontes do mercado indicam nesta segunda-feira foram comercializadas cerca de 100.000 tons no estado, tanto da safra velha, quanto da safra nova, com preços entre R$ 85,00 e R$ 86,50 para a safra velha e de R$ 84,00/saca, para a safra nova ou seja, alta consistente para o dia”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)