Notícias

China volta a comprar dos EUA e soja cai no Brasil

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (12.09) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 0,87%, para R$ 86,09/saca, contra R$ 85,35/saca do dia anterior. Assim, o acumulado no preço de exportação em setembro reduziu a queda para 3,58%, contra 2,75% do dia anterior, segundo o Indicador Cepea.

“Hoje aconteceram dois fatos importantes no mercado internacional: a) a China efetivou compras de 10 cargos ou 600 mil toneladas de soja nos EUA, tirando a demanda do Brasil e passando para os americanos e b) BCE não baixou juros, mas diminuiu o compulsório. Com isto o Fed deve baixar o juro nos EUA. O primeiro fato fez Chicago subir e os prêmios e preços no Brasil caírem e o segundo fez o dólar subir no Brasil, compensando parcialmente, mas não o suficiente”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

De acordo com o especialista, o que pesou mesmo foi a menor disponibilidade de soja sul americana, ao contrário do que se pensava há um mês. Segundo ele, houve ainda a necessidade de “agradar os norte-americanos para a efetivação de algum acordo sobre propriedades intelectuais, que são o cerne da questão”.

“A China precisa preservar o seu parque industrial, que é sua principal fonte de renda e crescimento. A forte alta de 3,35% nas cotações da soja em Chicago somada à queda de 0,11% do dólar no Brasil, nesta quinta-feira, mais a continuada ausência da China fez os preços da soja subirem apenas 0,87% no Brasil”, acrescenta Pacheco.

No mercado físico os preços atingiram R$ 84,00, contra R$ 85,00 do dia anterior em Paranaguá e R$ 85,00, contra 85,30 do dia anterior, em Rio Grande. Já no mercado interno o preço caiu, mas pouco, somente 0,05% para a média de R$ 79,76/saca, contra R$ 79,80/saca do dia anterior. Com isto o acumulado do mês de setembro no interior aumentou as perdas para 3,04% (2,99%). No mercado físico doméstico o preço em Passo Fundo caiu para R$ 81,00/saca, contra R$ 82,00/saca do dia anterior.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)