Notícias

China compra mais soja brasileira

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (15.08) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação avançando 0,28%, para a média de R$ 85,40/saca no mercado spot. Desta forma, ganhos da exportação em agosto avançaram para 10,49%.

“A forte queda de 1,50% na cotação do dólar somada à queda de 0,86% na cotação da soja em Chicago, nesta quinta-feira, não foram suficientes para colocar os preços da soja no território negativo, porque os prêmios tiveram alta substancial, entre 10 e 20 cents/bushel”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

Isto é sinal, de acordo com o especialista, do aumento da demanda chinesa sobre a soja da América do Sul, especialmente Brasil e Argentina: “Como noticiamos ontem, houve a compra de 14 cargos e hoje mais 4, totalizando cerca de 1,08 milhão de toneladas. Com isto, os preços oferecidos pelas Tradings nos portos brasileiros subiram”.

“A China comprou mais quatro cargos nesta quinta-feira, na América do Sul. No Brasil houve vendas de Origem de mais 120 mil toneladas. Na Argentina os agricultores venderam mais 300 mil toneladas somente hoje, fugindo dos eventuais problemas político-econômicos e aproveitando a alta do dólar, com boa participação dos exportadores”, ressalta ainda Pacheco.

No mercado interno, porém, os preços médios oferecidos pelas indústrias esmagadoras recuaram 0,05% para R$ 78,39/saca, reduzindo os ganhos do mês para 8,35%.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)