Notícias

Soja cai nos EUA com tomada de lucros

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na segunda-feira (15.07) baixa de 11,25 pontos no contrato de Setembro/19, fechando em US$ 9,0775 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 10,75 e 11,50 pontos.

Os principais contratos futuros abriram a semana em baixas no mercado norte-americano de soja, devido a vendas para tomada de lucros após as recentes valorizações. “Depois de atingir o ponto máximo dos últimos seis meses, os Fundos decidiram realizar lucros, impulsionados por uma demanda mais fraca, a partir das informações vindas da China. O avanço da febre suína e dados desalentadores sobre o crescimento econômico daquele país transmitiram um sentimento baixista ao mercado de soja”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

A ARC Mercosul também destaca que a abertura da semana trouxe perdas para as cotações da soja e do milho em Chicago: “O mercado segue dividido entre as previsões climáticas de curto prazo, que continuam apontando risco sobre partes do Cinturão Agrícola em função das poucas chuvas e altas temperaturas projetadas; e no longo prazo, quando os mapas para o final de julho já se mostram mais benéficos”.

“De forma geral, até que maiores confirmações surjam sobre o potencial da safra, a especulação deverá continuar caminhando sem uma direção definida, adicionando ou subtraindo os prêmios climáticos a cada mudança nas atualizações meteorológicas. No Brasil os preços da soja perderam força nos últimos dias, afetados pela queda no dólar e nos prêmios de exportação. Já o milho permanece mais com preços levemente sustentados, encontrando suporte na demanda doméstica e externa pelo cereal, que segue bastante aquecida neste início de semestre”, concluem os analistas da ARC Mercosul.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)