Notícias

Como vencer as plantas daninhas resistentes na soja

A palavra plantas daninhas é motivo de dor de cabeça para os produtores de soja. Estudos da Embrapa mostram que se não controladas as perdas em produtividade podem chegar em até 70%.

Aproximadamente 250 plantas são universalmente consideradas daninhas, das quais cerca de 40% pertencem a apenas duas famílias: Poaceae (gramíneas) e Asteraceae (compostas). São capazes de se adaptar a lugares e condições climáticas adversas, o que as tornam grandes competidoras em meio às culturas.

As plantas daninhas mais comuns são: capim-amargoso, capim-pé-de-galinha, caruru, milho voluntário e a buva. Hoje a resistência se tornou um problema muito sério em várias áreas. A pesquisadora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), especialista em plantas daninhas, Camila Pinho, aponta que, além da resistência também há problemas com as espécies que são resistentes e as que têm tolerância a herbicidas. “Para controlar essas espécies a gente recomenda duas ações muito importantes”, recomenda. (confira a entrevista completa no vídeo).

 

FONTE: AGROLINK(Eliza Maliszewski)