Notícias

Soja despenca nos EUA com melhora do clima

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na segunda-feira (1º.07) baixa de 14,75 pontos no contrato de Setembro/19, fechando em US$ 8,9625 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 14,25 e 14,75 pontos.

Os principais contratos futuros abriram a semana com forte queda no mercado norte-americano de soja, com o clima afetando mais a soja do que a guerra comercial. “Segundo a empresa de meteorologia DTN, as temperaturas na região devem ficar acima da média nesta semana, beneficiando lavouras que estão com o desenvolvimento atrasado”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

A ARC Mercosul destaca que o ceticismo toma conta dos bastidores do mercado: “Os números do USDA atualizados nesta última sexta-feira, 28, trouxeram a agitação agressiva da especulação, principalmente no milho. A grande maioria do mercado aguardava cortes agressivos para a área de plantio nesta safra norte-americana, com um padrão evidente da falta de qualidade de plantio durante os últimos 2 meses”.

“Entretanto, o USDA trouxe leves alterações, sem um reflexo da realidade do desenvolvimento do milho nos Estados Unidos. Nosso estudo analítico mostra que o Departamento de Agricultura trouxe uma divergência recorde frente às estimativas do mercado, para o relatório da área semeada de milho. Os números publicados pelo USDA foram 5,4% superiores à média de estimativas do mercado (números da ARC e das outras principais agências de consultoria). De agora em diante as atualizações climáticas serão direcionadoras de preços”, concluem os analistas.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)