Notícias

Soja fecha semana em alta

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (15.02) alta de 4,00 pontos no contrato de Março/19, fechando em US$ 9,075 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 3,50 e 4,00 pontos.

Os principais contratos futuros fecharam a semana com ganhos no mercado norte-americano da soja, com queda recorde de esmagamento e cancelamentos da China pressionando as cotações. “De acordo com fontes do mercado, os cancelamentos de soja da China no relatório de vendas de exportação atrasado de 5 semanas de ontem foram provavelmente de importadores privados, que ainda estão sujeitos à tarifa de 25%”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria AgResource, foi mais uma semana de conversas políticas entre EUA e China que se encerrou e nenhuma conclusão foi tomada: “Novos encontros são agendados para esta próxima segunda-feira, entretanto passos concretos só serão dados em reuniões presenciais de Trump e Jinping, em meados de março. De maneira geral, o otimismo de uma reconciliação permanece para a especulação do mercado. Especialmente pelo presidente norte-americano ter indicado, em coletiva de imprensa, que irá prorrogar o prazo limite para a elevação das taxas sobre os chineses, que estava programado para o dia 1ª de março, caso nenhuma resolução comercial tivesse sido alcançada entre as nações”.

“No Brasil a colheita da soja segue avançando em ritmo recorde, atingindo 37,5% até esta sexta-feira, 15. A média dos últimos 5 anos é estabelecida em 22,3%, enquanto que em 2018 a área colhida neste mesmo período era de apenas 19,7%”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)