Notícias

Preço da soja sobe nos portos e cai no interior do Brasil

A forte alta de 1,23% nas cotações de Chicago compensaram a queda de 0,35% do Dólar no Brasil, fazendo os preços da soja avançarem 0,18% nos portos, para R$ 82,93/saca, segundo pesquisa diária do Cepea. Já no interior os preços caíram, porque os fatores são outros.

“Os preços do farelo de soja estão em queda e os do óleo estão de inalterados a mais fracos também, não permitindo aumentos nas ofertas feitas pelas indústrias aos vendedores, que ainda sonham com preços acima de R$ 80,00/saca no interior, enquanto o mercado oferece, no máximo, R$ 77,00/saca, nas regiões distante 500 km dos portos”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica Luiz Fernando Pacheco.

Com isto, os preços médios desta segunda-feira no interior caíram 0,42% para R$ 77,51/saca, segundo o mesmo levantamento do Cepea. “No mercado físico a atitude dos agricultores não foi de venda (porque os preços não atingiram ainda os níveis desejados), mas de: ‘agora vai!’ Por isso muitos mercados continuaram travados”, diz Pacheco.

CLIMA
A Consultoria AgResource reporta que o fim de semana na América do Sul foi recheado de chuvas sobre o centro de Tocantins, noroeste de Goiás e regiões dispersas pelo Mato Grosso e Minas Gerais: “Para os próximos cinco dias, as chuvas se concentram sobre o Médio-Norte do Brasil. Traçando uma linha sobre o sul do Mato Grosso até a costa nordeste de São Paulo, o tempo ficará limpo, com céu aberto para toda a região ao sul deste traçado imaginário. Para o norte, índices pluviométricos no raio de 30-70mm acumulados tomam conta de todo o Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Tocantins e MATOPIBA. O oeste baiano voltará a ser regado, no curto-prazo”.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)