Notícias

Estados Unidos coloca altas taxas sobre importação de biodiesel argentino

biodiesel producaoPor conta da demanda apresentada pela National Biodiesel Board, que acusou os produtores da Argentina de dumping, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou que colocará altas taxas sobre a importação do biodiesel argentino, que vão de 50,29% até 61,17%.

Para o presidente da Câmara Argentina de Biocombustíveis (Carbio), Luis Zubizarreta, essa decisão mostra uma política protecionista que não está de acordo com o estabelecido pela Organização Mundial de Comércio (OMC). Na Argentina, não existem subsídios para beneficiar as exportações de biodiesel.

Zubirarreta disse, em comunicado oficial, que "os direitos compensatórios impostos resultam em uma paralisação imediata de vendas aos Estados Unidos, com um claro prejuízo a toda a cadeia de soja argentina".

"Nosso biodiesel é o mais competitivo do mundo, sem subsídios nem práticas distorcidas, assim, lamentamos os problemas ao transporte norte-americano que essa medida irá gerar", acrescentou o presidente.

FONTE: Infocampo(Tradução: Izadora Pimenta)