Notícias

Soja renova preço recorde em Paranaguá: R$ 89,50 a saca

soja1 154safra jj57asAnalista aponta referência para compras futuras acima de R$ 92 pela saca - A soja no Porto de Paranaguá renovou o recorde do ano e fechou esta terça-feira, dia 24, com o preço de R$ 89,50 a saca de 60 kg. Segundo o analista de soja da consultoria Safras & Mercado Evandro Oliveira, há referência de preço no porto acima de R$ 92 pela saca.

De acordo com Oliveira, o produtor visa a cotação na casa de R$ 100 por saca. Há no mercado um sentimento de que existe espaço para novas altas. Diante dessa perspectiva, os agricultores optam por sair do mercado à espera de preços melhores.

No mercado internacional, os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) encerraram a terça com preços mais baixos, em dia de muita volatilidade. O mercado abriu pressionado pelo bom avanço do plantio nos Estados Unidos, recuperou-se por fatores técnicos e acompanhando o cenário financeiro, mas retornou ao território negativo no final da sessão.

Soja na Bolsa de Chicago (CBOT) (US$ por bushel)
Julho/16: 10,54 (-3,75 centavos)
Novembro/16: 10,29 (-7,00 centavos)

Soja no mercado físico (R$ por saca de 60 kg)
Passo Fundo (RS): 82,00
Cascavel (PR): 84,00
Rondonópolis (MT): 82,00
Dourados (MS): 77,00
Porto de Paranaguá (PR): 89,50
Porto de Rio Grande (RS): 86,50

Milho e trigo
Os contratos futuros de milho devolveram ganhos registrados mais cedo e fecharam praticamente estáveis nesta terça-feira na Bolsa de Chicago (CBOT). A forte demanda pelo grão norte-americano foi contrabalançada pela alta do dólar no mercado internacional e pelo avanço do plantio no país. No mercado físico brasileiro, os preços ficaram praticamente estáveis.

Milho na Bolsa de Chicago (CBOT) (US$ por bushel)
Julho/16: 3,97 (-0,25 centavos)
Março/17: 4,09 (-0,50 centavos)

Milho no mercado físico (R$ por saca de 60 kg)
Rio Grande do Sul: 60,00
Paraná: 60,00
Campinas (SP): 56,00
Mato Grosso: 40,00
Porto de Santos (SP): 38,00
Porto de Paranaguá (PR): 36,00

O trigo negociado na Bolsa de Chicago (CBOT) fechou as negociações futuras em alta. O mercado foi influenciado por um movimento de cobertura de posições vendidas, após quatro sessões seguidas de perdas.

Trigo na Bolsa de Chicago (CBOT) (US$ por bushel)
Julho/16: 4,64 (+ 2,00 centavos)
Dezembro/16: 4,93 (+2,25 centavos)

Café
Os contratos futuros do café arábica fecharam em queda nesta terça-feira na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O movimento foi pautado por indicadores técnicos, enquanto o mercado aguarda novidades.

Café em Nova York (US$cents por libra-peso)
Julho/16: 121,80 (-0,35 pontos)
Dezembro/16: 129,25 (-0,30 pontos)

Dólar e Bovespa
O mercado reagiu positivamente ao anúncio das primeiras medidas econômicas do governo Michel Temer durante o pregão, mas, no final do dia, os índices fecharam próximos da estabilidade. O dólar comercial encerrou a terça-feira em alta de 0,02%, cotado a R$ 3,574. Já o índice Bovespa também acompanhou o dólar e subiu 0,03%, aos 49.345 pontos.

FONTE: CanalRural